Desbotamento do ruivo em um mês

||
Antes de ficar ruiva eu sempre ouvia que a cor dava muito trabalho, que desbotava rápido e que eu teria que tonalizar praticamente toda semana. Eu lembro de ter assistido muitos vídeos sobre tonalizantes para estar preparada para quando o tão temido desbotamento chegasse. Porém eu não tinha a mínima noção de como o meu cabelo ficaria quando desbotasse. Pensando nisso eu resolvi filmar o meu cabelo durante um mês, que é o período que faço o meu retoque, para ajudar quem esteja com a mesma dúvida.
OBS: Teoricamente temos um canal no Youtube agora, então se você se inscrever eu ficarei bem feliz e quem sabe comece a fazer vídeos mais longos (falando etc).




As imagens foram gravadas com luz natural, sempre no mesmo local e horário para que a iluminação não interferisse na cor. As fotos que aparecem no início do vídeo foram tiradas  na semana do retoque, sem filtro e de frente para a janela. Escolhi não usar tonalizante durante o mês que gravei para analisar fielmente o desbotamento da tinta.


     Dia do retoque X Primeira lavagem


Sobre as fotos acima: na segunda foto o dia não estava tão ensolarado quanto na primeira, o que deu a falsa impressão de uma diferença de cor considerável, mas pessoalmente a diferença era quase nenhuma. Coisas de ruivo, né? Meu cabelo desbota muito pouco, como observado no vídeo, mas nem sempre foi assim. Quando pintei pela primeira vez eu estava com luzes e realmente desbotava bem mais rápido do que hoje em dia. Isso nos leva a considerar os principais fatores que interferem no desbotamento: base do cabelo, tinta e cuidados pós-coloração.

Base

A base é a cor que o cabelo se encontra antes de ser tingido de ruivo. Se sua base for de uma descoloração (luzes), como era o meu caso, certamente o desbotamento será mais rápido.

Tinta

Obviamente a qualidade da tinta vai interferir diretamente no processo de desbotamento. Quanto mais profissional ou quanto maior a qualidade do produto mais chances do pigmento se fixar por mais tempo nos fios. Além disso o tipo/marca da tinta também pode influenciar, pois algumas tintas possuem fundo dourado e outras um fundo castanho por exemplo.

Cuidados Pós-coloração

O ideal é usarmos na nossa rotina capilar produtos que sejam voltados para cabelos tingidos. A escolha do shampoo deve ser feita com todo cuidado e já falamos bastante sobre esse assunto aqui no blog. Alguns fatores para considerar na escolha do shampoo: pH levemente ácido, agentes hidratantes e agentes reconstrutores. Shampoos sem sulfato ganham pontos extras por já promoverem uma limpeza mais suave nos fios. Uma boa máscara matizadora também é indispensável para realçar a cor entre uma coloração e outra.



Minha sugestão: Shampoo Caviar Color da K.PRO e a máscara matizadora Be Russet da Leads Care. O shampoo é sem sulfato e possui queratina e extrato de caviar na fórmula. Consegue promover uma limpeza eficiente sem danificar os fios, aliás ele já inicia um tratamento nos fios devido a sua fórmula reconstrutora. A Be Russet já é um amor antigo, aparecendo em vários posts por aqui. Ela é uma máscara matizadora para o tom acobreado que hidrata e dá muito brilho! A Leads Care também possui a máscara Be Red para tons vermelhos e Marsala Fantasy para o tom marsala.

Espero que o post tenha te ajudado na sua saga ruiva. O shampoo Caviar Color e as máscaras tonalizantes da Leads Care você encontra na Boutique da Ruiva. Leitores têm 10% de desconto com o cupom RUIVA2A e frete grátis nas compras acima de R$150,00.







2 comentários:

  1. Qual é a tinta que você usa nas fotos do Dia do retoque × Primeira lavagem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu faço no salão, mas minha cabeleireira me explicou que usa um tom 7.4 ou 8.4,dependendo do grau de desbotamento no mês. A tinha que ela usa é uma da própria linha dela, é a Izabel Assumpção, que atende na Penha/RJ.

      Excluir

© BL Design - 2016. Todos os direitos reservados || Tudo aqui é feito com amor.
Criado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥ .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo