Como sobreviver a um desastre capilar

||
Quem nunca foi num salão com o objetivo de dar aquela levantada na autoestima, ficar com o cabelo lindo e arrasar, mas o dia de princesa acabou virando o dia de tristeza?


Um erro na cor que você queria, um corte acidentalmente assimétrico ou uma química que destruiu a saúde dos seus fios. Toda mulher já passou ou vai passar por uma dessas desagradáveis experiências pelo menos uma vez na vida. Mas não se desespere, já passei por algumas dessas situações e separei algumas dicas pra te ajudar nesse momento delicado da sua vida capilar. Vamos analisar cada modalidade de desastre capilar.


Descoloração mal feita


Esse já aconteceu comigo, infelizmente! Saí do salão me sentindo a Gisele, estava escuro e eu nem percebi que havia algo errado. Quando cheguei em casa e me olhei no espelho constatei que estava com a mesma tonalidade do cantor Belo nessa foto. O que fazer num caso como esse? Após uma pequena crise nervosa, aplique o melhor shampoo ou máscara matizadora que você conhecer (ou a que tiver em casa). Pelo menos foi isso que eu fiz. Resolveu? Não...no dia seguinte marquei com uma profissional, obviamente não a mesma que fez essa proeza. Ela tonalizou com uma tinta loira e graças a Deus deu certo.


Corte indesejado


"Corta só as pontinhas", "Quero um corte com leves camadas, sem tirar o comprimento" ou "Não quero a franja muito curta, tá?". Geralmente é com uma dessas frases que começa essa triste história. A pergunta é: como consertar esse desastre se o cabelo não está mais lá? Realmente em alguns casos não há o que fazer além de apelar para o mega hair. Porém em situações menos drásticas podemos amenizar a situação. Vamos então exemplificar os tipos de erros de cortes e suas possíveis soluções:

Corte em camadas desastrosas

Solução: Dependendo do tamanho do estrago é possível consertar com um corte desfiado ou, na pior das hipóteses, acertar o corte com as camadas mais curtas. É claro que para isso você deve procurar um profissional especialista em corte. Pesquise bem.

Corte mais curto na frente e comprido atrás

Solução: Se você não quiser cortar muito curto para acertar com a parte da frente, o jeito é ter paciência e aguardar o cabelo crescer. Conforme o cabelo for crescendo, um profissional (confiável) pode ir acertando o corte aos poucos. Enquanto isso não acontece você pode disfarçar a assimetria com esses lindos "penteados tumblr":


Franja muito curta

Solução: No caso da franja é um pouco mais simples. É possível disfarçar prendendo a franja com uma fivela/prendedor de cabelo. Quem for mais habilidosa pode tentar também um dos penteados tumblr acima.



Cabelo elástico


Esse desastre ocorre mais frequentemente após um processo intenso de descoloração (ou outra química forte), no qual a fibra capilar é danificada a ponto de perder a resistência. Daí o termo cabelo "elástico" ou "emborrachado". Nesses casos o cabelo precisa de um tratamento intenso e eficaz, que permita a reposição da queratina dos fios. A melhor opção é usar máscaras de uso profissional, já que elas possuem uma tecnologia mais avançada, capaz de recuperar os cabelos mais rapidamente. Máscaras de marcas como Kérastase e L´oréal são extremamente caras, por isso algumas vezes é mais vantajoso fazer reconstruções em um salão. Porém temos que ter em mente que quem deseja ficar platinada por exemplo, está sujeita à esse tipo de dano aos fios. Então vale a pena programar esses gastos e já ter uma boa máscara para essas situações. Alguns sites sempre têm promoções interessantes. Vou indicar alguns produtos que podem ser usados nesses casos.


1- pH Balancer da K Pro: Acidificante para ser usado entre o shampoo e máscara. Além de reduzir o pH fechando a cutícula da fibra capilar, ainda contém queratina em sua fórmula. Preço: De R$ 40,00 a R$55,00

2- Thérapiste da Kérastase: Máscara reconstrutora extremamente potente. Preço: De R$ 207,00 a R$ 375,00.

3- Absolut Repair Cortex Lipidium: Máscara reconstrutora da L´óreal. Preço: De R$ 130,00 a R$ 225,00.

4- Argan Pro Máscara Pós Progressiva da Vita Derm: Opção nacional mais acessível. Já temos uma resenha dela aqui. Preço médio: R$ 40,00.



Corte químico


Evolução do desastre anterior. Ocorre quando a fibra capilar não resiste aos danos e se quebra. É comum ser uma consequência da incompatibilidade entre dois processos químicos diferentes, como por exemplo alisamento com tioglicolato de amônia X descoloração (ou tintura). A palavra chave nesses casos é a prevenção. Evite sobrecarregar seu cabelo com químicas diferentes e sempre pesquise sobre o procedimento que está sendo feito em você. Ter um profissional sério e confiável também é imprescindível. Bom, mas se o desastre já ocorreu o que é possível fazer? Se o fio já se quebrou o que pode ser feito é um corte para melhorar a aparência do cabelo, além de um tratamento intensivo de reconstrução com os produtos que citei anteriormente.

Já passou por alguma dessas tristes situações? Eu já vivenciei as 2 primeiras e tomo bastante cuidado para não passar pelas outras duas. Se você gosta de trocar dicas como essas será muito bem-vinda no nosso grupo do Facebook: Onduladas 2 A





Nenhum comentário:

Postar um comentário

© BL Design - 2016. Todos os direitos reservados || Tudo aqui é feito com amor.
Criado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥ .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo