Como escolher o shampoo certo?

||
A maioria das pessoas acha que a escolha do shampoo não faz a menor diferença, que ele tem apenas a função de limpar e deixar um perfume gostoso nos fios. Se você está entre essas pessoas creio que esse pensamento seja em função de uma dessas duas situações que descreverei abaixo: 

1- Você já usa o produto ideal para os seus cabelos e por isso não percebe o bem que ele faz;

2-  Você está sempre testando os shampoos errados para o seu tipo de cabelo e por isso não consegue um resultado positivo com nenhum deles.

Acredite, eu estava no primeiro grupo há alguns anos atrás. Como eu fazia escova progressiva e luzes, usava uma linha profissional de shampoo e condicionador indicada pela minha cabeleireira da época. Tudo ia bem até que, em função do meu antigo blog, inventei de testar novos shampoos. A partir daí vi que meu cabelo não reagia bem a qualquer produto, então voltei para um shampoo da marca que eu já usava. Hoje em dia eu troco de shampoo sim, mas sempre pesquiso se aquele produto tem as características que meu cabelo precisa. Bom, eu já sei identificar o que um shampoo precisa ter para reagir bem nos meus fios, que são extremamente secos e quimicamente tratados, mas você sabe identificar o produto ideal para você? Preparei um guia rápido com as principais características que um shampoo deve ter de acordo com o tipo de cabelo: oleoso, misto, seco/ressecado e quimicamente tratado.



Cabelos oleosos

Cabelos extremamente oleosos precisam de um shampoo com um maior poder de limpeza, porém não a ponto de ressecar as pontas, afinal se isso acontecer você terá dois problemas, não é mesmo? Por isso evite os shampoos anti-resíduos, pois eles possuem um pH de neutro a alcalino, o que acaba abrindo as cutículas dos fios e causando o ressecamento. Os produtos destinados ao estímulo do crescimento capilar costumam ser boas opções para os cabelos oleosos. Separei dois exemplos desses shampoos, que limpam bem sem ressecar.


1- Shampoo Tio Nacho Antiqueda Ervas Milenares (com sulfato): Possui como principais ativos: geleia real, extrato de ginseng, aloe vera, urtiga, camomila, bardana, jojoba e cacahuananche. É um shampoo à moda antiga, então contém sulfato, sal (cloreto de sódio) e parabenos. Tem cor e cheiro de mel.

2- Shampoo Rapunzel, da Lola Cosmetics (sem sulfato): Assim como o anterior possui vários extratos botânicos, além de óleos e cafeína. Mesmo sem sulfatos fortes possui alto poder de limpeza.




Cabelos mistos

Raiz oleosa e pontas secas, problemas muito comuns em quem possui cabelos finos e oleosos e faz algum processo químico como tintura, luzes ou escovas progressivas. Nesses casos não adianta usar um produto super hidratante, pois a raiz ficaria oleosa rapidamente. Por outro lado, um shampoo com grande poder de limpeza deixaria os fios ressecados. A solução, por mais óbvia que pareça, é encontrar um produto que seja um intermediário entre esses dois: nem tão hidratante, nem tão limpante. Algumas características que ajudam a identificar esses produtos: fórmula com aminoácidos, queratina e pantenol; pH levemente ácido (5,0 a 5,5). É claro que para confirmar o efeito é necessário o teste, mas separei três exemplos de shampoos que funcionam muito bem nos cabelos mistos. 



1- Shampoo Cavalo Forte, da Haskell: Shampoo que estimula o crescimento capilar. Fórmula a base de biotina, pantenol e queratina. Dos shampoos para crescimento que testei é o que mais hidrata, porém mantém o seu poder de limpeza.

2- Shampoo lady, da Leads Care: Possui aminoácidos, pantenol e óleo de semente de uva como principais ativos. Limpa sem ressecar e tem um perfume divino.

3-  Shampoo OX Proteins - Reconstrução Profunda, da OX: Possui "tutano vegetal" e aminoácidos na fórmula. É o mais baratinho dos três (entre R$9,00 e R$11,00) e pode ser encontrado em supermercados. Fórmula simples, mas também hidrata na medida certa.

* Todos possuem sulfato.



Cabelos ressecados

Para cabelos secos/ressecados o shampoo deve ser o mais hidratante possível, com pH mais ácido (entre 4.0 a 5.0) e de preferência com óleos na fórmula. Com essas características eu não poderia deixar de citar os shampoos mais hidratantes que eu já testei, quem já acompanha o blog já está cansada de saber quais são: Divine Curls e Argan Oil, ambos da Inoar. Hoje os dois possuem fórmulas sem sulfato, mas a versão que testei do Argan Oil ainda possuía sulfato e mesmo assim era muito hidratante.


1- Shampoo Inoar Divine Curls: Os principais ativos da fórmula são: óleo de pequi, óleo de macadâmia, óleo de argan e vitamina E. A textura do shampoo é bem cremosa, semelhante a um co-wash.

2- Shampoo Inoar Argan Oil: A fórmula contém óleo de argan, óleo de jojoba e manteiga de cacau. Possui textura leitosa e faz pouca espuma.



Cabelos quimicamente tratados

Coloração, luzes, alisamentos e escovas progressivas causam ressecamento e perda de "massa capilar". Por isso esses fios fragilizados não podem ser tratados com qualquer shampoo. Normalmente os produtos para cabelos quimicamente tratados possuem pH ácido, aminoácidos e/ou queratina na fórmula, além de agentes hidratantes. Os produtos que eu selecionei hidratam na medida certa, não são tão hidratantes quanto os do tópico anterior, mas não irão ressecar de forma alguma os seus fios. Para quem possui química, mas tem os fios mais mistos ou oleosos eu sugiro o uso de algum exemplo do tópico sobre cabelos mistos desse post.


1- Shampoo Vita Derm Proteção da Cor (com sulfato): Fórmula rica em aminoácidos, nanopartículas do grão de arroz e hidrolisado de grãos de quinoa. Possui proteção solar e pH em torno de 5.0. Temos uma resenha dele aqui.

2- Caviar Color Shampoo, da K.Pro (sem sulfato): Os principais ativos são a queratina, o extrato de caviar e o extrato de semente de girassol. O pH varia entre 4.5 e 5.5.

3- Shampoo Vita Derm Pós Química (com sulfato): A fórmula contém um mix de aminoácidos, com ação reconstrutora. Possui faixa de pH em torno e 5.0 e filtro solar.

4- Shampoo Amend Color Reflect (sem sulfato): Shampoo indicado para cabelos tingidos. Possui proteína do arroz e "aminocolor" na fórmula. A marca não informa a faixa de pH.


Espero ter te ajudado a conseguir escolher o shampoo ideal para você. Quer indicar algum produto que eu não citei, tirar alguma dúvida ou dar alguma outra dica? Deixe um comentário ou entre no nosso grupo do Facebook: Onduladas 2 A.






2 comentários:

  1. Adorei este post e o seu blog muito top

    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2018/01/estilando-com-pouco1-maionese-nutritiva.html
    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2018/01/contominhahistoria-1.html

    ResponderExcluir
  2. Que legal! Adorei as dicas ♥ Post maravilhoso
    Beijos
    No mundo da Lari ♥

    ResponderExcluir

© BL Design - 2016. Todos os direitos reservados || Tudo aqui é feito com amor.
Criado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥ .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo