Como manter seu sofá a salvo dos seus gatos

||
Você compra aquele sofá lindo e confortável e de repente percebe que não foi o único que amou a nova aquisição, aquele felino que faz parte da sua família gostou tanto que fez questão de dar um toque especial na decoração:


Mas calma, não vá brigar com o pobre gatinho! Ele realmente não vai entender, já que para ele o material é perfeito para exercitar suas lindas garras. Como manter o sofá a salvo então? Separei algumas dicas simples que vão te ajudar a manter uma decoração bacana mesmo com um felino em casa.


Sofá de madeira

Um boa ideia é utilizar sofás de madeira, pois como os gatos geralmente arranham nas laterais, não conseguirão arranhar a madeira, pelo menos não é o material preferido deles para isso, então os danos serão bem menores.



Os modelos acima além do belo design podem ser bem confortáveis, uma opção que funcionaria da mesma maneira seria um sofá de pallet. Pesquisei por alto os preços desse tipo de sofá e vi que eles são bem carinhos, porém uma boa dica é comprar um modelo mais "vintage", num brechó ou no Mercado Livre por exemplo, e mudar apenas o estofado.


Manta para sofá

O segundo truque de decoração serve para evitar o acúmulo de pelos no sofá, se você já tem um gato sabe que esse é o lugar preferido (depois da cama do dono) dele para tirar seus longos cochilos, certo?! Ao colocar a manta o bichano irá automaticamente deitar em cima dela, pode testar! Assim seu amado sofá fica mais protegido e fácil de limpar.



Escolhi essas imagens para mostrar que a manta não precisa ser feia e brega, pelo contrário pode até dar um charme especial para a sua sala.


Arranhador de sofá

Caso você não tenha gostado da ideia de ter um sofá de madeira na sua sala, essa opção pode te ajudar: arranhadores próprios para encaixar no sofá!


É só encaixar na lateral, que é a parte preferida para arranhar. É claro que se corre o risco deles preferirem arranhar no meio, por isso além de rezar você pode tentar tornar o arranhador o mais atrativo possível para ele.


Esse modelo com um pom-pom chama bastante atenção, um pouquinho de "Catnip" também pode ajudar.


Corte de unhas

Essa certamente é a dica mais difícil para os proprietários colocarem em prática, pois muitos têm receio de machucar o animal. Para indicar a forma correta de cortar as unhas encontrei essa foto bem explicativa no Portal Medicina Felina.


O importante é não cortar essa parte vermelhinha da unha para não atingir nenhum vaso sanguíneo. O ideal é usar um alicate próprio para gatos, mas numa emergência um cortador de unhas de crianças pode funcionar também. Caso seu gato se mexa e sangre não se desespere, para esses casos é sempre bom tem um "pó hemostático" em casa, você acha esse produto facilmente em qualquer pet shop. Aplique no local e o sangramento irá parar. Tente condicionar o animal a deixar que você faça esse procedimento desde filhote, assim fica mais fácil dele se tornar uma criatura comportada como essa do vídeo:




Dica para limpar os pelos

A última dia é para facilitar a limpeza do sofá com algo super simples: luvas de limpeza de borracha:



Basta passar a mão no sofá e todo o pelo acumulado irá grudar na luva, super rápido e fácil.

Testei quase todas as dicas que mencionei aqui (com exceção do arranhador de sofá) e deram muito certo, espero que elas possam ajudar outros gateiros também.







Ruivas do cinema

||
Hoje o post é para você que está pensando em ficar ruiva mas não sabe por onde começar, não conhece os tons e quer uma inspiração. Pelo menos no meu caso as primeiras influências ruivas vieram de personagens de filmes e seriados, então separei algumas lindas madeixas do cinema e da TV para te inspirar. Antes de começarmos, dê uma olhada na tabela de numerações de tintas para não ficar perdida.


As cores profissionais são representadas por dois números, o primeiro representa a cor base e o segundo o reflexo, por exemplo: o tom que eu uso é um 7.4, louro médio acobreado. A base para criar o tom ruivo é sempre o loiro, do escuro ao muito claro, então para criar um ruivo acobreado se usa o reflexo 4, se o objetivo é ficar mais avermelhado se usa o 5 ou o 6. Algumas tintas tem a sua própria numeração, no caso da marca Igora o reflexo acobreado é representado pelo número 7. Depois dessa breve explicação, vamos às inspirações, escolhi só atrizes que não são ruivas naturais porque faz mais sentido já que vamos falar de tintura, ok?



Dana Scully (Gillian Anderson)


A primeira influência ruiva a gente nunca esquece, Dana Scully de "Arquivo X"! Na época do seriado (anos 90) ainda não era moda pintar os cabelos de ruivo aqui no Brasil, quando pintavam era aquele famoso acaju, sabe? Então eu achava esse cabelo dela a coisa mais linda do universo, aliás meu sonho era ser agente do F.B.I nessa época, infelizmente não rolou(risos). A Gillian Anderson é loira natural e durante os anos que viveu a personagem ela mudou algumas vezes o tom, mas o que escolhi de exemplo foi o mais claro que ela usou, chutei um 9.77 da Igora. Esse tom é bem semelhante ao 8.4 de outras marcas, como você verá mais a frente no post. Mais um pouco do cabelo dela com iluminações diferentes:





Viúva Negra (Scarlett Johansson)


O tom da Viúva Negra é um louro médio acobreado, porém mais vibrante, então meu chute foi a 7.44 da Keune. Não tenho certeza da base natural da atriz, mas estamos mais acostumadas a vê-la loira, então creio que o cabelo dela estivesse claro quando tingido para o filme. Lembrando que sempre temos muitas variações de acordo com a luz das fotos, abaixo  luz de estúdio versus luz natural:





Mary Jane (Kirsten Dunst)


A Kirsten Dunst é loira natural, na primeira vez que ela interpretou a Mary Jane em "Spiderman" foi usado um tom mais avermelhado, mas confesso que gostei mais do usado nos filmes seguintes, um loiro claro acobreado. Acho que ficou mais harmônico com o rosto dela, ficou bem próximo do ruivo natural. Acredito que o 8.4 da Alfaparf chegue próximo a esse efeito. Reparou que ficou bem parecido com o ruivo da Scully?





Jean Grey ( Famke Janssen)


A atriz Famke Janssen (como se pronuncia?rs) é a única das escolhidas que tinha a base escura, castanho escuro, é também a única com o tom mais avermelhado. A cor mais vibrante combinou com a personagem, ficou com aquela cara de HQ mesmo, né? Eu gostei! Uma tinta que se aproxima desse tom é a 7.46 da Keune, é um loiro médio acobreado mas com reflexos avermelhados. Na primeira foto até prevalece o acobreado, mas na foto abaixo o cabelo parece bem mais avermelhado, como sempre o ruivo muda com a iluminação.


Vale lembrar que eu não sei se foram essas as tinturas usadas nas atrizes, muito provável que não, foram só inspirações de tintas com tons semelhantes. Também não aconselho que você pinte seu cabelo sozinha, principalmente se não tem experiência. Vários fatores vão influenciar a cor atingida, como a sua base atual: se seu cabelo é virgem, se tem tintura mais escura ou descoloração. Para cada um desses casos o profissional usará um processo diferente, não é só aplicar a tinta e pronto! Além disso eles nunca usam só uma marca de tinta, também existem os pigmentos isolados que eles usam nas misturas para chegar ao tom desejado. O ideal é levar uma foto de como você quer que fique seu cabelo e o cabeleireiro escolherá a melhor forma de realizar o seu desejo. E aí, se animou de fazer essa transformação? Então visite mais vezes o blog, porque aqui sempre tem dicas para ruivas!

Dica da Ruiva: 

Já conhece a nossa loja, a Boutique da Ruiva? Lá você encontra os melhores tonalizantes ruivos, além de outros produtos para cabelos, todos livres de testes em animais. Leitores tem cupom especial de desconto com o código: RUIVA2A. Acesse: www.boutiquedaruiva.com.br

* É ondulada e quer trocar dicas sobre o seu cabelo incompreendido? Conheça o nosso grupo no Facebook: Onduladas 2 A











The Killing

||
Minha indicação de hoje é o seriado de suspense policial The Killing, que vocês podem assistir na Netflix. Gosto bastante do gênero, mas esse me atraiu justamente por fugir totalmente do lugar comum. A primeira diferença é que o crime não é solucionado ao final de um episódio como acontece em outros seriados, a investigação vai se desenvolvendo ao longo da temporada. Outro ponto atrativo pra mim é a veracidade dos personagens principais, os detetives Sarah Linden (Mireille Enos) e Stephen Holder (Joel Kinnaman) lidam com seus próprios dramas pessoais durante as investigações.


A série teve apenas 4 temporadas e nas 2 primeiras é investigado um único crime: o assassinato de Rosie Larsen. A forma como a história é contada consegue prender a atenção de tal forma que só se consegue parar de assistir quando chegamos ao último episódio da segunda temporada, quando o crime é desvendado. Ao longo da investigação conhecemos a família da vítima, sendo apresentados não somente ao luto dos personagens mas também aos detalhes do passado da garota, que aparecem em flash backs que dão pistas sobre o crime (preste atenção neles). Nem tente ficar adivinhando quem é o assassino, não é tão óbvio como no seriado Scream, por exemplo. Eu mesma quebrei a cabeça várias vezes, toda vez que achava que sabia quem era o culpado vinha mais uma reviravolta na história. Não posso dar spoiler, mas o desfecho da investigação é bem complexo e triste.


A terceira e a quarta temporada seguem a mesma linha e em cada uma é investigado um crime diferente. Posso garantir que ao final de cada temporada somos surpreendidos assim como na primeira. Além do suspense que prende a atenção do telespectador, vale conferir a série pela interpretação dos atores, não somente os que interpretam os personagens principais mais também os secundários. Aliás, para os fãs de Scream a atriz Bex taylor-klaus faz um personagem importante na terceira temporada. Outra coisa que eu particularmente amei na série foi a fotografia, a sensação é de estar assistindo um filme europeu, na verdade depois descobri que a série é um remake de um seriado dinamarquês. A história se passa em Seattle (EUA) e chove em quase todos os episódios, o que combina muito bem com o clima de suspense das investigações. Fora que como está fazendo uns 50 ºC aqui no Rio, só de ver chuva na TV já me sinto melhor. Se você gosta desse gênero corre para a Netflix para assistir, mas só se estiver com tempo porque você não vai conseguir assistir um episódio só!


Produtos de cabelo favoritos de 2016

||
Continuando série de favoritos de 2016 iniciada no último post, vamos aos favoritos agora na categoria cabelos. Como testo vários produtos não consegui fazer um Top 5, mas consegui resumir bastante e selecionar 7 que mais me surpreenderam esse ano. Alguns são favoritos da vida e outros eu conheci em 2016.



1- Shampoo Inoar Divine Curls

Esse definitivamente foi o achado do ano! Tenho o cabelo extremamente ressecado e sempre procuro shampoos mais hidratantes. Como esse ano iniciei o Método Curly Girl, resolvi testá-lo já que ele não tem sulfato. A fórmula dele é super hidratante e a textura é cremosa, semelhante a um co-wash, o que fez toda diferença no meu cabelo, já sinto ele hidratado no momento da lavagem. Ele foi formulado com o foco em cabelos cacheados e ondulados, mas pode ser usado em qualquer tipo de cabelo que precise de muita hidratação.

2-  Condicionador Elseve Nutrição Intensa (Óleo Extraordinário)

Não dava nada por esse produto, sabe? Desde que comecei a fazer químicas no cabelo deixei um pouco de lado os produtos de mercado/farmácia, mas ouvi falar tão bem dele nos grupos do face que resolvi experimentar. A composição contém óleo de coco, óleo de semente de girassol e vários extratos de flores, a consistência dele é bem espessa e tem micro-partículas brilhantes, a sensação é de estar passando uma máscara e não pesa nem um pouco apesar da presença dos óleos. 

3- Line Finish Pré Prancha

O protetor térmico da marca Nezz Profissional é um aerossol para ser aplicado no cabelo seco, uso antes da chapinha. A fórmula dele possui óleo de Babaçu, que acredito ser o responsável pelo brilho incrível que ele deixa nos fios. Já testei outra marca quando não encontrei ele, mas não chegou nem perto do efeito.

4- Óleo capilar Condicionante Cristalli Liquidi Alfaparf

Esse óleo finalizador faz parte da Linha Semi di Lino Diamante da Alfaparf, a fórmula contém extrato de semente de linhaça, vitamina E, ômega 3 e ômega 6. É um óleo super leve, não pesa nada nos fios, uso uma gotinha misturada no leave-in e depois no cabelo seco aplico nas pontas. Ele sela bem as pontas e deixa um brilho maravilhoso, passando só um pouquinho dele no resto do comprimento também se reduz o frizz.

5- Tônico do Crescimento Rapunzel

O tônico Rapunzel da Lola Cosmetics foi um dos produtos que me ajudaram bastante esse ano a recuperar a saúde do meu cabelo. Depois de 2 anos loira o comprimento não passava dos ombros devido a quebra e pontas espigadas que eram constantemente cortadas. Claro que o produto não fez milagre, mas ajudou a melhorar a circulação do couro cabeludo e controlar a oleosidade, tanto que estou com vários "Baby hair" (fios novos). A composição conta com vários extratos botânicos, aminoácidos, menthol e a cafeína dos famosos "shampoos bomba". A aplicação é feita no couro cabeludo após a lavagem, sempre massageando, a sensação é bem refrescante pela presença do menthol.

6- Máscara Amend Discipline Liss

Já usava essa máscara há algum tempo, mas depois que comecei o método Curly Girl parece que o efeito dela no meu cabelo foi potencializado. Ela tem uma composição nutritiva, com óleos de avelã e camelina. Leia a resenha completa dela aqui.

7- Creme de pentear defrizante Amend Pós Progressiva

Esse foi o leave-in que mais usei esse ano, gosto dele por ter também proteção térmica. A fórmula contém aminoácidos, silicones, glicerina e ácido cítrico, não pesa nem enrijece os fios apesar da presença dos aminoácidos. A textura dele é intermediária, nem muito espessa nem muito aquosa, uma pequena quantidade já é suficiente para todo o comprimento e pontas. O cheiro é uma delícia, super docinho mas não enjoativo, semelhante a máscara da linha (resenha da máscara aqui).

OBS: O condicionador e o tônico são liberados para "No poo" e os demais produtos para "Low poo"

Bom, encerro aqui a série de favoritos do ano, Feliz 2017 a todos!





Top 5 melhores de 2016: produtos para a pele

||
O ano que passou não foi fácil para ninguém, né? Mas vamos focar no que aconteceu de bom, ok?! Sempre tem alguma coisa, esse blog é um exemplo disso, renasceu e mudou de nome e "cara". Caso você seja novo por aqui ele se chamava "Futilidades e Utilidades" e estava quase desativado, como achei que esse nome não representava nada do que eu queria passar resolvi mudar. Para celebrar essas coisas boas que aconteceram em 2016, preparei para a primeira semana de 2017 aquelas famosas listas de "Melhores do ano". Já que falamos muito de beleza por aqui, vamos começar pela lista dos melhores produtos para a pele.


1- Asepxia Gel Facial e Corporal Herbário:
Tenho a pele oleosa então lavar o rosto com sabonete normal nem pensar, né? Testei alguns sabonetes líquidos esse ano, mas esse foi o que teve o melhor custo benefício para mim. A fórmula possui " Antiacnil-3", composto formado por ácido lático e ácido glicólico, que eliminam o excesso de oleosidade, evitando consequentemente o aparecimento de acne. Gostei muito porque ele limpa sem ressecar e sem deixar aquela sensação de pele esticada, sabe? A embalagem vem com 250 ml e o rendimento é muito bom, já estou usando há alguns meses e agora que está se aproximando do fim.

2-  Adesivo para a remoção de cravos do nariz ( marca Ricca):
Descobri essa maravilha no penúltimo dia do ano e ela já entrou no Top 5! Como já disse, minha pele do rosto é extremamente oleosa e sofro com os cravos desde sempre, vivo testando máscaras removedoras e nenhuma até hoje havia me dado um efeito no mínimo razoável. Resolvi testar essa e o resultado me surpreendeu bastante. Você aplica o adesivo com o nariz umedecido com água morna e aguarda 15 minutos. O adesivo endurece ao fim do tempo de pausa e você consegue retirar. Ele remove todos os comedões(aquela "melequinha" que obstrui os poros) e os cravos mais superficiais, mas visualmente fica muito bom. Claro que para remoção dos cravos mais profundos só uma limpeza de pelo com um esteticista mesmo, mas para o dia-a-dia é uma excelente opção.

3- Hidratante Tattoo Brilho Instantâneo (M Boah Cosméticos):
Esse hidratante para pele tatuada também foi um queridinho do ano, não dispenso mais o uso dele pelo menos 1 vez ao dia. Uso somente na região da tatuagem e noto que o creme é absorvido bem rápido e deixa um brilho incrível. Para quem tem tatuagem recomendo e quem não tem também pode testar se quiser, já que a fórmula dele é riquíssima, excelente para todo tipo de pele. Resenha completa dele aqui :Hidratante Brilho Instantâneo

4 - Bepantol Derma:
Entra e sai ano e o Bepantol continua aqui, não tem jeito! Uso tanto a pomada como hidratante, principalmente para área dos olhos, como o líquido para hidratações capilares. Realmente o poder hidratante do D- Panthenol é sem precedentes, não consigo deixar de usar. Algumas resenhas onde falei sobre o Bepantol:

5- Vasenol Hand Repair:
Esse produto simplesmente me salvou no inverno e quando o tempo ficava mais seco, pois a pele das minhas mãos ressecaram muito e nada dava jeito. Achei essa belezinha na farmácia e em 24 horas já tive melhora. Resenha dele aqui: Vasenol Hand Repair.

Esses foram os favoritos do ano na categoria cuidados com a pele, os próximos serão os favoritos de cabelo. Um Feliz 2017 para todos nós e que possamos lembrar e valorizar todas as coisas que nos fizeram sorrir no ano que passou, por menores que sejam, e que nesse ano nossa lista seja bem maior!





© BL Design - 2016. Todos os direitos reservados || Tudo aqui é feito com amor.
Criado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥ .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo